MUVI - Museu Virtual de Artes Plásticas
Alex Cabral
Formatura
Ybakatu Espaço de Arte - Curitiba/PR
05 de março a 16 de abril de 2005
Outros trabalhos de Alex Cabral

Folder digital
(clique na imagem)
Para abrir o arquivo, será necessário o programa winzip pi similar (os arquivos estão no formato .zip) O cartaz e o folder estão em tamanho A4 cada um.

Outros artistas no MUVI

Alex Cabral

Alex Cabral nasceu em Santos em 1962. Viveu em Belo Horizonte até 1983 quando mudou-se para Curitiba para fazer parte do Corpo de Baile do Balé Teatro Guaíra. Desde 1988 o artista participa de exposições coletivas apresentando fanzines e arte-postal. Em 1999 foi selecionado pelo curador Tadeu Chiarelli para o Panorama da Arte Brasileira realizado pelo MAM de São Paulo onde mostrou uma série de desenhos realizados com máscara sobre diversos tipos de papel.

Em 2003 realizou a exposição "Gigantes" no SESC da Esquina de Curitiba onde as máscaras foram projetadas em paredes de 4 x 6m para a realização dos desenhos nas próprias paredes. Esta mesma técnica foi utilizada para a realização de desenhos na Exposição Imagética (2003) e Carlton Encontro com Artes (2004) ambas em Curitiba.

O artista é integrante do grupo de artistas Linha Imaginária, com o grupo já participou de exposições no Centro de Arte Contemporâneo Wilfredo Lam - Cuba, Kunsthaus Schuster Gelnhausen, Gelnhausen – Alemanha, Embaixada Brasileira de Berlin - Alemanha, Museu de Arte Contemporânea de Curitiba; FUNARTE São Paulo, ACBEU Salvador, Museu de Arte de Belém, Museu de Arte de Santa Catarina e Casa Mário Quintana, Porto Alegre.

Em 2002 pariticipou da exposição "Arte Brasileño de Hoy" em Pamplona-Espanha e em 2001 da exposição "Arte Joven de Brasil" na Galeria Rafael Ortiz em Sevilha - Espanha.

Possui obras no acervo do Centro Cultural Cândido Mendes no Rio de Janeiro-RJ, Museu Metropolitano de Curitiba-PR e no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro-RJ (Coleção Gilberto Chateubriand).

Fonte: http://www.beta.geracaopedreira.com.br

Currículo


"Comecei como grafiteiro e, após algum estudo de desenho e pintura, me dirigi gradualmente às Artes Visuais. Meu desenho e pintura trazem, explicitamente ou não, mas sempre em algum estágio da execução, o uso de máscaras (estêncil) para aplicação de tinta e/ou definição do tema central. Estes temas, na pintura, são escolhidos quase ao acaso e refletem meu gosto estético, nunca minhas experiências pessoais e sentimentais. A superfície superlisa das pinturas evidencia a ausência de qualquer sentimentalidade. Já no desenho, o tema é sempre a figura humana, copiada de revistas de moda, porém desglamurizadas e banalizadas."

Fonte: Léo Bahia Arte Contemporânea


Molduras: Recortes em papel, aproximadamente 85 x 65 cm cada. 2003/2004
Diplomas: Óleo sobre diplomas antigos. 22 x 32 cm cada. 2004
(Clique nas imagens para ampliar)
Molduras: Recortes em papel, aproximadamente 85 x 65 cm cada. 2003/2004
Diplomas: Óleo sobre diplomas antigos. 22 x 32 cm cada. 2004
Artistas participantes do projeto MUVI
Incisões - Gravadores Contemporâneos do Paraná Textos e entrevistas Saiba mais sobre a história das artes plásticas no Brasil Saiba mais sobre o MUVI Links Recomendados mande um mail para o MUVI
Clique nas imagens para ampliar
Design da página: Fábio Channe
PARCERIAS:
Projeto POLVO Projeto de Extensão Artista na Universidade Teatro Monótono Projeto Heterodoxia Projeto para a Construçao de um Desenho  -  Marlon de Azambuja
 
 
É expressamente proibida a reprodução do conteúdo desta página sem a autorização do artista ou da Coordenadoria do MUVI
Todo o material (fotos e textos) que forma o conteúdo deste site foi fornecido pelos artistas focados,
ou utilizado com a autorização destes, sendo que a Coordenadoria do MUVI não se responsabiliza pelo mesmo.
© MUVI 2006