MUVI - Museu Virtual de Artes Plásticas
Artur Barrio
Currículo
Outros trabalhos de
Artur Barrio
Folder digital
(clique na imagem)
Outros artistas no MUVI
Biografia

Artur Alipio Barrio de Sousa Lopes

1945 - Nasce na cidade do Porto, Portugal.

1952 - Visita Angola, onde tem contato com a cultura africana. Seis meses depois retorna a Portugal.

1955 - Passa a habitar na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

1967 - Inscreve-se na Escola Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, tendo como professores: Onofre Penteado, Abelardo Zaluar, Mário Barata e Ítalo Campofiorito.
1967 - Desenhos, Galeria Gemini, Rio de Janeiro, Brasil.

1969 - Apresenta Situação...orhhhh....ou 5.000...T.E..em....N.Y........City....(1969). Salão da Bússola, MAM-RJ, Brasil.
1969 - Realiza Situação P.H........1969, nos jardins do MAM-RJ, Brasil.

1970 - Do corpo à terra, em Belo Horizonte, Brasil, organizado pelo crítico Frederico Morais, no qual apresenta Situação T/T,1.
1970 - Escreve Manifesto: contra as categorias de arte contra os salões, contra as premiações, contra os júris, contra a crítica de arte.
1970 - Lança e distribui , Manifesto, na inauguração do II Salão de verão, MAM-RJ.
1970 - Escreve o texto, "Lama/carne esgoto".
1970 - Participa da mostra INFORMATION - MoMA, New York em que apresenta filmes/registros das ações realizadas em Belo Horizonte, Brasil.
1970 - Realiza: Defl.....Situação....+S+......Ruas...... em que 500 sacos com detritos humanos são espalhados pela cidade do Rio de Janeiro, Brasil.
1970 - Cria Situação......Cidade....y....Campo, espalhando pães desde Copacabana à Lagoa de Marapendi, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil.
1970 - Realiza o trabalho 4 Dias 4 Noites, deixando-se caminhar à deriva, pela cidade do Rio de Janeiro, sem alimentar-se, até o total esgotamento.
1970 - Cria: Navalha relógio, Situação ambiente K, e 1) de dentro para fora. 2) Simples......, no Rio de Janeiro, Brasil.
1970 - Coletiva Creación, na Universidade de Mayaguez, Porto Rico.

1971 - Cria: Situação....Bloqueio+Ruas.....; Situação......666......999....; O Quarto; Mensagem-16-.Mar.; no Rio de Janeiro, Brasil.

1972 - Blooshlulsss (trabalho/exposição), realizado em um terreno baldio no Rio de Janeiro, Brasil.
1972 - Situações Mínimas, Quartos Encontros de Arte Moderna, no MAC de Curitiba, Paraná, Brasil.
1972 - Cria "Ritual", no Rio de Janeiro, Brasil.

1973 - Apresenta slides, filmes, fotos, desenhos, objetos e um caderno livro, Na Veste Sagrada, Ipanema, Rio de janeiro, Brasil.
1973 - Cria as obras: Des-Compressão e 3 movimentos, Petrópolis, Rio de Janeiro.
1973 - Participa da mostra Coletivas Arte Brasileira Contemporânea, no Centro de Arte Y Comunicación, CAYC, Buenos Aires, Argentina.
1973 - Expo-Projeção, no espaço Grife, São Paulo, Brasil.
1973 - Natureza, Significado e Função da Obra de Arte, Galeria do Instituto Brasil-Estados Unidos - IBEU, Rio de Janeiro, Brasil.
1973 - Musée Galliera - desenhos - Paris.

1974 - Volta a Portugal durante a Revolução dos Cravos.
1974 - Cria 4 Movimentos e Metal/Sebo Frio/Calor, Ambos na Praia de Mindelo, Portugal.
1974 - 4 Pedras, Algarve, Portugal.
1974 - Individual: desenhos, objetos, Caderno-Livros e filme super-8, Galeria Ars Mobile, São Paulo, Brasil.
1974 - Registros e desenhos, Central de Arte Contemporânea (antiga Veste Sagrada), Rio de Janeiro, Brasil
1974 - Prospectiva 74, , Museu de Arte Contemporânea, São Paulo, Brasil.
1974 - Desenhos, Galeria Millan, São Paulo, Brasil.
1974 - Cria Situações Auxiliares Coincidentes e 6 Movimentos, Rio de Janeiro, Brasil.

1975 - Passa a viver em Paris e lá realiza duas Situações/ações, Lixo=eletricidade e a série Serpentina Serpente.
1975 - Cria a obra Áreas Sangrentas, II Encontro Internacional de Arte, Viana do Castelo, Portugal.
1975 - Desenho brasileiro, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal.
1975 - Sala especial- Desenho Brasileiro Contemporâneo, IX Salão de Arte Contemporânea de Campinas, São Paulo, Brasil.
1975 - Integra a exposição Arte Latino-Americana, organizada pelo CAYC, de Buenos Aires, e realizada no ICC, Londres.
1975 - Modern Art in Brazil, Kresge Art Gallery, Universidade de Michigan, EUA.
1975 - Arte Agora, 70/75, MAM, Rio de Janeiro, Brasil.

1976 - Multimedia III, Coleção conceitual do MAC, São Paulo, Brasil.

1977 - coletiva de livros de artistas na Biblioteca Nacional de Paris, Paris
1977 - Livro de Carne, Vitrine Pour l´Art Actuel, Paris
1977 - Individual: Projetos, registros e audiovisuais, Galeria Alvarez, Porto, Portugal.
1977 - Realiza Pseummm...., no pátio de um edifício em Paris.
1977 - Plenitude, Espaço Cairn, Paris.
1977 - Mail Art, Kresge Art Gallery, Universidade de Michigan, EUA. Que segue para outras Instituições: Espaço Cardin, Paris, ICC, Antuérpia, Bélgica
1977 - Text, Sound and image, Small Press Festival, Prokazwart Zall, Belgica.
1977 - Edições e Comunicações Marginais da América Latina, Maison De La Culture Du Havre, França.
1977 - O objeto na Arte: Brasil anos 60, Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo e Museu de Belas Artes, Madri, Espanha.
1977 - Identificação do Artista: O Livro, Escola de Artes Visuais, Rio de Janeiro, Brasil.

1978 - Rodapés de Carne, Espaço Garage 103, Nice, França.
1978 - Volta a morar no Rio De Janeiro, Brasil.
1978 - CadernosLivros, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Brasil.
1978 - Escreve texto contra o fechamento da área experimental do MAM-RJ.
1978 - Mitos Vadios, Evento de Arte Experimental, organizado por Ivald Granato, em terreno baldio na cidade de São Paulo, Brasil.
1978 - Barrio, lança catalogo pela Funarte, que faz parte do projeto: Arte Brasileira Contemporânea.

1979 - Projetos realizados e quase realizados, MAM, Rio de janeiro, Brasil.
1979 - coletiva - Lectures, espaçe Cairn, em Paris.
1979 - Mail art, Galerie Diagonale, Paris.

1980 - Movimento Congelado, Marfim Africano, Extensão, Espaçe Cairn, Paris.
1980 - Quasi Cinema, Centro internazionale di B e quarera, Milão.

1981 - Passa a morar em Amsterdam, com bolsa da BBK, que se prolonga até 1984.
1981 - XVI Bienal Internacional de São Paulo, Brasil.
1981 - A partida de tênis e Volto em 5`, Espace Cairn, Paris.
1981 - Também em Paris realiza: Situações: Puídas....Esgarçadas....rotas....(os), Situação Nevoeiro ou os Ouvidos a Distância.
1981 - Grand Dieu, Épargnons cela à notre Pays, Semaine Evénement à Cairn, Paris.
1981 - Livres d' artiste, Centre Georges Pompidon, Paris.
1981 - Contemporaneidade: Homenagem a Mario Pedrosa , MAM-RJ, Rio de Janeiro.
1981 - Entre a Mancha e a Figura, MAM-RJ, Rio de Janeiro, Brasil.
1981 - Individual: Registro de Trabalho, Galeria Sergio Milliet, Funarte, Rio de Janeiro, Brasil.
1981 - Expressions, Makkom Stiehting, Amsterdam.

1982 - individual: Galerie Suspect, Amsterdam, com a obra Minha cabeça está vazia / meus olhos estão cheios, Holanda.
1982 - Série africana, Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil.
1982 - Expressions, Makkon Stichting, Amsterdam.

1983 - XVII Bienal Internacional de São Paulo, Brasil.
1983 - Intervenções no Espaço Urbano, Galeria Funarte, Rio de Janeiro, Brasil.
1983 - Minha cabeça está vazia/Meus olhos estâo cheios, Espace Cairn, Paris.
1983 - 3.000m3, Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil.

1984 - Individual: Registros, (Fundação Makkom, Amsterdam); (Fundação Het Apollohuis); (Eindhoven, Holanda); (Galeria MP2, Rio de Janeiro, Brasil).
1984 - Individual: Galeria Arco, São Paulo, Brasil.
1984 - Realiza: 36 Pontos Sonoros. Em 36 pontos da Cidade de Amsterdam.
1984 - I Bienal de Havana, Cuba.

1985 - Passa a residir, em Amsterdam, Aix-En-Provence e Rio de Janeiro, Brasil.
1985 - Desenhos, "Expressionismo no Brasil: Heranças e afinidades", XVIII Bienal Internacional de São Paulo, Brasil.
1985 - Individual: Primeira exposição de pinturas, na Petite Galerie, Rio de Janeiro, Brasil
1985 - "A arte e seus Materiais: Atitudes Contemporâneas", (sala especial) evento paralelo ao VIII Salão Nacional de Artes Plásticas, Funarte, Rio de Janeiro, Brasil.
1985 - Tendência do Livro de Artista no Brasil, Centro Cultural São Paulo, Brasil.

1986 - Individual: Galeria Millan, São Paulo, Brasil.
1986 - Individual: Petite Galerie (pinturas e desenhos), Rio de Janeiro, Brasil.
1986 - Depoimentos de uma Geração 1969/1979, Galeria de Arte Banerj, Rio de Janeiro, Brasil
1986 - Raízes Negras,( Série Africana), Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil.

1987 - Autobiografische Notities, Gallerij Klove, Amsterdam
1987 - Individual: Experiência nº1, Galeria do Centro Impresarial do Rio de Janeiro, Brasil.

1988 - Projetos e Pinturas, Petite Galerie, Rio de Janeiro, Brasil.
1988 - O Eterno é Efêmero (Evento de fechamento da Petite galerie, vendida para Montesanti), Petit Galerie, Rio de Janeiro, Brasil.
1988 - Individual: Pinturas, Galeria Montesanti, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasil.
1988 - Recebe o Prêmio Mario Pedrosa da Associação Brasileira de Críticos de Arte, Pela exposição Experiência nº1.
1988 - Expressão e Conceito-Anos 70, Galeria Edifício G. Chateaubriand, Rio de Janeiro, Brasil.

1989 - O Pequeno Infinito eo Grande Circunscrito, Galeria ARCO Arte contemporânea Galeria Bruno Musatti, São Paulo, Brasil.
1989 - Individual: Pinturas, Kate Art Gallery, Rio de Janeiro, Brasil.
1989 - Individual: Desenhos, Galeria Artur Fidalgo, Rio de Janeiro, Brasil.
1989 - Individual: Pinturas, Galeria Montesanti, Rio de Janeiro, Brasil.
1989 - Individual: Experiência nº4, Galeria de Arte do Centro Empresarial do Rio de Janeiro, Brasil.

1991 - Imagem Sobre Imagem, Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil.
1991 - Individual: Experiência nº5, Espaço Cultural Sérgio Porto,Rio de Janeiro, Brasil.

1992 - Filmes e videos sobre Artistas, Centro Georges Pompidou, Paris.
1992 - Arte Brasileira Anos 60/70-Coleção Gilberto Chateaubriand,( MAM-Salvador, Bahia), (Casarão de João Alfredo, Recife), Brasil.

1993 - Individual: Extensão, IBEU, Rio de Janeiro, Brasil.
1993 - Individual: Variantes, Galeria Saramenha, Rio de Janeiro, Brasil.
1993 - Galeria Brot And Käse, Genève, Suíça.
1993 - Individual: Desenhos e Colagens, Galeria Goudard, Rio de Janeiro, Brasil.
1993 - Brasil: Segni D' Arte/libri e vídeo, 1950-1993, (Querini Stampaliua, Veneza), (Biblioteca Braidense, Milão), (Biblioteca Nationalle, Florença), (Centro de Estudos Brasileiros, Roma), Italia.
1993 - Individual: Galeria Kunst Coul, Genebra, Suíça.
1993 - Um olhar sobre Joseph Beuys, II Fórum Brasília de Artes Visuais, Museu de Artes Visuais de Brasília, Brasil.

1994 - Bienal Brasil Século XX, Fundação Bienal de São Paulo, Brasil.
1994 - As Fronteiras do vazio, (Livros-objeto de artista), Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
1994 - Brasilianische Zeichnungen, Karmelita Kunsthaus, Colônia, Alemanha.
1994 - Coleção Gilberto Chateaubriand, MAM-RJ, Brasil.
1994 - Via Fax, Museu do telefone, Rio de Janeiro, Brasil.

1995 - Individual - Artur Barrio: Uma Extensão no Tempo. Paço Imperial, Rio de janeiro, Brasil.
1995 - As Fronteiras do Vazio (livros de artista), MAM-RJ, MAM-SP, Brasil.
1995 - As Potências do Orgânico, Museu do Açude, Rio de Janeiro, Brasil.
1995 - Arte Efêmera, Centro Cultural Itaú, São Paulo, Brasil.

1996 - Participa, com sala especial, O Ignoto, XXIII Bienal internacional de São Paulo-"Universalis", Brasil.
1996 - Mensa/Mensae, Funarte, Rio de Janeiro, Brasil.
1996 - Individual: Situações: Artur Barrio: Registros, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
1996 - Re-Aligning Vision: Alternative Currents in South American Drawing, Museu Del Barrio, New York.
Arkansas Art Center, Little Rock, EUA. Museu de Belas Artes, Caracas, Venezuela.

1997 - Individual - Fragmentos, Galeria São paulo, São Paulo.
1997 - Há Sopa, (feita conjuntamente c/ artista plástico Tunga), Atelier Finep, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.
1997 - Mostra internacional ArteCinema: Anos 60/70, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
1997 - I Bienal do Mercosul, Porto Alegre, RGS, Brasil.

1998 - Livro de Carne, XXIV Bienal Internacional da São Paulo.
1998 - Out Of Actions-Between performance and the object: 1949-1979, "Situação T/T1.....1970" em The Museum of Contemporary Art a, Los Angeles.
1998 - MAK-Austrian Museum of Applied Arts, Viena.
1998 - Museu D'art Contemporani, Barcelona.
1998 - Poeticas da cor, Centro cultural Light, Rio de janeiro, Brasil.
1998 - Há Sopa, (feita conjuntamente c/ artista plástico Tunga), MAM-Salvador, Bahia, Brasil.
1998 - Coletiva internacional, Hélio Oiticica e a cena americana, Centro de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, Brasil.
1998 - desenhos dos anos 70, Paço imperial, Rio de Janeiro, Brasil
1998 - Mostra Teoria dos Valores, (lixo=eletricidade), Casa França Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
1998 - Coletiva anos 60/70: Trouxas ensangüentadas, MAM, Rio de Janeiro, Brasil.
1998 - Coletiva Studiens in latin American Contemporary culture, Universidade de Minnesota, EUA.
1998 - Individual dentro do projeto, Ocupações/Descobrimentos, O sonho do Arqueólogo, MAC Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

1999 -Individual:Complexo Cultural Dragão do Mar, Fortaleza, CE, Brasil.
1999 - Global Conceptualism: Points of Origin, 1950s-1980s, Queens Museum of Art, New York.
1999 - Out Of Actions-Between performance and the object: 1949-1979, "Situação T/T1.....1970" Museum of Contemporary Art , Tokyo.
1999 - Individual, Registros, Registros,....., Galeria André Viana, Porto, Portugal.
1999 - Individual: Nova Galeria, São Paulo, Brasil.
1999 - Pequena Retrospectiva: Artur Barrio na Coleção Regina e Delcir da Costa, Fundação Clóvis Salgado, Palácio das Artes, Belo Horizonte, MG, Brasil.
1999 - Individual: Experiência nº16, Pinacoteca Barão de São Ângelo, Instituto das Artes, UFRGS, Rio Grande do Sul, Brasil.
1999 - Individual, Torreão, (Evento paralelo a exposição realizada na Pinacoteca Barão de São Ângelo), Rio Grande do Sul, Brasil.
1999 - Cotidiano/Arte-objeto: Anos 60/70, Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil.
1999 - Circa 68, Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto, Portugal.

2000 - Regist(R)os, no Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto.
2000 - Arte Conceitual e Conceitualismos: Anos 70 no acervo do MAC-USP, Galeria Fiesp, São Paulo, Brasil.
2000 - SITUAÇÕES Arte Brasileira Anos 70, Casa França Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
2000 - Retrospectiva, Artur Barrio: A Metáfora dos Fluxos: 2000/1968, no Paço das Artes, São Paulo, Brasil.
2000 - Mostra do descobrimento do Brasil+500, Pavilhão Cicillo Matarazzo, São Paulo, Brasil.
2000 - Individual: Escritório de arte Artur Fidalgo, Rio de Janeiro, Brasil.
2000 - Participa do Projeto Fronteiras (Três livros e meio), Itaú Cultural, São Paulo, Brasil.
2000 - "Um Oceano inteiro para nadar", Culturgest, Lisboa.
2000 - III Bienal da Coréia do Sul, Man+Space, Kwangju, South Corea.
2000 - Individual: Galeria Paulo Fernandes, Rio de Janeiro, Brasil.

2001 - Eztetyka del Sueño, Palacio de Cistal/Palacio Velázquez, Madri, Espanha.
2001 - Heterotopias, Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, Madri, Espanha.
2001 - Individual: Galeria GL Box, Porto.
2001 - VII semana de Arte de Londrina, Casa da cultura/UEL, Londrina, Pr, Brasil.
2001 - Mistura+confronto, Central Elétrica do Freixo, (Projeto Porto 2001), Portugal.
2001 - Individual: Galeria Cândido Portinare-uerj, Rio de Janeiro, Brasil
2001 - Individual: M.A.M. (Bahia e Rio de Janeiro), Brasil.
2001 - Construtivistas e instalações no acervo (aquisições essenciais), M.A.M (Rio de Janeiro), Brasil.
2001 - (Quase) Efêmera arte, Itaú Cultural de Campinas, São Paulo, Brasil.
2001 - De l'adversité nous vivons, Musée d'art Moderne de La Ville de Paris.
2001 - Constelação: A luz como estrutura, (de dentro para fora, 1970), MAM, Rio de janeiro, Brasil.
2001 - Individual: Galeria Paulo Fernandes, Rio de Janeiro, Brasil.
2001 - Ibeu: 1991-2001-Uma década de Arte Contemporânea, Galeria Ibeu, Rio de Janeiro, Brasil.
2001 - Panorama da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, R.J, Brasil.

2002 - Documenta 11, Kassel, Alemanha.
2002 - Vivências: The New Art Gallery Walssal, Londres.
2002 - Coletiva: La maison rouge, Fondation de Galbert, Paris.
2002 - Individual: Artur Barrio, Trans>area, New York.
2002 - Violência e Paixão, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, R.J, Brasil
2002 - Violência e Paixão, Santander Cultural, Porto Alegre, Brasil.
2002 - Indicação para o Prêmio Multicultural Estadão 2002.
2002 - Lançamento do catálogo Artur Barrio: O sonho do arqueólogo, MAC de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.
2002 - I Bienal Ceará America, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza, Ceará, Brasil.
2002 - Lançamento do Livro ARTUR BARRIO.
2002 - Recife (Museu de arte Moderna Aloísio Magalhães)
2002 - Brasilia (Espaço Cultural Contemporâneo Venâncio- ECCO)
2002 - São Paulo (Pinacoteca do Estado de São Paulo)
2002 - Rio de Janeiro (Museu de Arte Moderna)

2003 - Livro de Carne: Metabolismus und komm unikation Bankett, ZKM (Zentrum Für Kunst Und Medientechnologie Karlsruhe, Alemanha.
2003.- ARTEFOTO, Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.
2003 - ANOS 70 Autonomia do desenho, MAM, Rio de Janeiro, Brasil.
2003 - 4ª BIENAL DO MERCOSUL. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.
2003 - ARTE E SOCIEDADE - Uma Relação Polêmica, Itaú Cultural, São Paulo, S.P, Brasil.

2004 - VI Salão Capixaba do Mar, Casa Porto das Artes Plasticas, Vitória, Brasil.
2004 - 26ª Bienal de São Paulo, São Paulo, Brasil.
2004 - Utopias Invertidas, , The Museum of fine Arts, Houston, EUA.
2004 - A subversão dos meios, Itaú Cultural, São Paulo, S.P., Brasil.

2005 - O Corpo na Arte Contemporânea Brasileira, Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil.
2005 - Individual: Galeria Millan Antonio, São Paulo, Brasil.
2005 - Individual: Galeria Arte 21, Rio de Janeiro, Brasil.
2005 - BARRIO - BEUYS, S.M.A.K, Gent, Belgica.
2005 - Lançamento do catálogo: Barrio-Beuys...., S.M.A.K. Gent, Belgica.
2005 - Mini-Retrospectiva Artur Barrio, Frac Provence-Alpes-Côte d´Azur, Marseille, França.
2005 - Lançamento do livro: Impropre à La Consommation Humaine, de Artur Barrio, Palais de Tokio, Paris, França.
2005 - Individual: Palais de Tokyo, Paris, França.

2006 - Mini-Retrospectiva Artur Barrio, The Galleries At Moore College Of Art & Design, Philadelphia, EUA.

We Humans are Free - From the Collection of S.M.A.K. , Museum of
Contemporary Art,Ghent - mostra no 21st Century Museum of Contemporary
Art - Kanazawa - Japão

Artistas participantes do projeto MUVI
Incisões - Gravadores Contemporâneos do Paraná Textos e entrevistas Saiba mais sobre a história das artes plásticas no Brasil Saiba mais sobre o MUVI Links Recomendados mande um mail para o MUVI
Clique nas imagens para ampliar
Design da página: Fábio Channe
PARCERIAS:
Projeto POLVO Projeto de Extensão Artista na Universidade Teatro Monótono Projeto Heterodoxia Projeto para a Construçao de um Desenho  -  Marlon de Azambuja
 
 
É expressamente proibida a reprodução do conteúdo desta página sem a autorização do artista ou da Coordenadoria do MUVI
Todo o material (fotos e textos) que forma o conteúdo deste site foi fornecido pelos artistas focados,
sendo que a Coordenadoria do MUVI não se responsabiliza pelo mesmo.
© MUVI 2004