MUVI - Museu Virtual de Artes Plásticas
Jefferson Svoboda
Memobiliar
Centro Cultural Correios. 08 de junho a 16 de julho de 2006
Outros trabalhos de
Jefferson Svoboda
Folder digital
(clique na imagem))
Outros artistas no
MUVI

Exposição "Memobiliar" apresenta trabalhos em madeira do artista plástico Jefferson Svoboda


Centro Cultural Correios
Abertura: 07 de junho de 2006, às 19h.
Visitação: de 08 de junho a 16 de julho de 2006

O Centro Cultural Correios apresenta a exposição "Memobiliar", com obras , do artista Jefferson Svoboda. Com inauguração dia 07 de junho, para convidados, e no dia seguinte para o público, a mostra apresenta cerca de 30 trabalhos feitos de madeiras nobres(jacarandá,sucupira, peroba, etc), restos de móveis, muitas vezes encontrados nas ruas. Cadeiras, mesas, gavetas -, "são pedaços de utensílios carregados de história", como explica o artista, aqui transformados em esculturas , que ocuparão duas salas do Centro Cultural Correios.
Na soma desses elementos e suas histórias reside a força do trabalho de Jefferson Svoboda, que explora o tema da transformação, seja pelo tempo ou pela intervenção artística. "Cada peça recolhida conta a história de uma intimidade, cada pedaço tem a sua vivência", observa ele. "O processo de reunião dessas partes é extremamente complexo. Inicialmente é preciso identificar as possibilidades das estruturas, os elementos agregados. A organização desses elementos é que vai determinar cada obra, comunicar a força dessa nova identidade", explica.

Essa identidade é reforçada pela simbologia da figura humana, presente também nas pinturas com forte tendência geométrica do artista. Neste trabalho em madeira, rostos surgem a partir do encontro das peças, libertando as antigas partes de móveis de sua função utilitária, dando-lhes uma nova leitura estética.

O acaso, presente na obtenção da madeira aqui usada como matéria-prima, determina parte do processo artístico, que Jefferson Svoboda define como "uma estética da urgência, da adaptação. A criação se manifesta através do rico material, desprezado (entalhes e peças de marcenaria trabalhadas) que ganha com a expressão artística uma outra dimensão". Olhar para esses objetos é adivinhar o cenário anterior de seu uso e de sua origem, entrar "numa memória emprestada" e, na identidade da figura que surge, ler a urgência da transformação na condição humana.

"São caminhos entre, uma estética barroca, que insinua um olhar para a espiritualidade e a arte da improvisação necessária, na construção aleatória",ou seja construir a fé com a realidade que é apresentada, define Jefferson

Nascido em Curitiba, Jefferson Svoboda mora e trabalha no Rio há 25 anos. A pesquisa com madeira já é feita por ele há 14 anos, e esta é uma boa oportunidade para o público carioca conhecer esta faceta do trabalho do artista, mais conhecido por sua pintura e objetos de cerâmica.


Serviço: Exposição "Memobiliar", de Jefferson Svoboda
Abertura: 07 de junho de 2006, às 19h.
Exposição: de 08 de junho a 16 de julho de 2006

Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí 20, Centro


sem título
escultura de adição/madeira
1.60x0.60m
2002

sem título
escultura de adição/madeira
1.60x0.60m
2002

sem título
escultura de adição/madeira
0.65x0.40m
2006


sem título
escultura de adição e óleo s/ madeira
0.70x0.40m
2006
Coleção Thiago Bernardes

sem titulo
Tempêra e acrílica s/ tela
3.00x2.40m
1999

sem título
escultura de adição/madeira
0.90x0.80m
2002

sem título
escultura de adição/madeira
0.96x0.74m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.96x0.74m
2006

sem título
Coleção Hélio de la Pena e Ana Quintela
escultura de adição/madeira
0.50x0.45m
1996


sem título
Coleção Hélio de la Pena e Ana Quintela
escultura de adição/madeira
0.50x0.45m
1996

sem título
Coleção Hélio de la Pena e Ana Quintela
escultura de adição/madeira
0.50x0.45m
1996

sem título
Coleção Hélio de la Pena e Ana Quintela
escultura de adição/madeira
0.50x0.45m
1996

Arlequim
Coleção João Elísio de Campos Ferraz e Regina Martelli
escultura de adição/madeira
0.94x0.84m
1999

Arlequim
Coleção João Elísio de Campos Ferraz e Regina Martelli
escultura de adição/madeira
0.94x0.84m
1999

sem título
escultura de adição/madeira
2.36x0.64m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
2.36x0.64m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.66x0.45m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
2.20x0.08m
2006

- sem título
escultura de adição/madeira
0.33x0.25m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.60x0.33m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.60x0.33m
2006

Cardiocular
escultura de adição/madeira
65x35 cm.
1999

sem título
escultura de adição/madeira
0.38x0.28m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.38x0.28m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.38x0.28m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.52x0.63m
2003

sem título
escultura de adição/madeira
0.66x0.45m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
0.66x0.66m
2006

sem título
escultura de adição/madeira
1.26x0.36
2006


sem título
escultura de adição/madeira
1.26x0.36
2006

sem título
Coleção Admar Horn
escultura de adição/madeira
0.83x0.55m

1999

Artistas participantes do projeto MUVI
Incisões - Gravadores Contemporâneos do Paraná Textos e entrevistas Saiba mais sobre a história das artes plásticas no Brasil Saiba mais sobre o MUVI Links Recomendados mande um mail para o MUVI
Clique nas imagens para ampliar
Design da página: Fábio Channe
PARCERIAS:
Projeto POLVO Projeto de Extensão Artista na Universidade Teatro Monótono Projeto Heterodoxia Projeto para a Construçao de um Desenho  -  Marlon de Azambuja
 
 
É expressamente proibida a reprodução do conteúdo desta página sem a autorização do artista ou da Coordenadoria do MUVI
Todo o material (fotos e textos) que forma o conteúdo deste site foi fornecido pelos artistas focados,
sendo que a Coordenadoria do MUVI não se responsabiliza pelo mesmo.
© MUVI 2004