Valdir Francisco
A poética dos lambrequins

VALDIR FRANCISCO
1951 - Paranavaí (PR)

 

 

 

 



A POÉTICA DOS LAMBREQUINS


Para resgatar e vivificar a lembrança dos lambrequins que povoavam e ornavam os beirais das casas de madeira em Curitiba, o escultor VALDIR FRANCISCO se apropriou de diversos materiais que ressignificam e chamam a atenção do público sobre esses adereços arquitetônicos.

Retirados de seu contexto original e observados como objetos de design passam a configurar na argila, no MDF e na linóleogravura novas imagens, inusitadas volumetrias, sombras flutuantes, móbiles sonantes a serem visitados e revisitados pelas sensações que buscam presentificar o passado dos curitibanos.

Ao se dizerem como objetos múltiplos, ao se organizarem como linguagens plásticas (escultóricas), aqui os lambrequins construídos por um pensamento transformador geram uma autonomia perceptiva que caracteriza a contemplação poética.


Profa. ROTI NIELBA TURIN



 
Artistas participantes do projeto MUVI
  Textos e entrevistas Saiba mais sobre a história das artes plásticas no Brasil Saiba mais sobre o MUVI Links Recomendados mande um mail para o MUVI
PARCERIAS:
Projeto POLVO Projeto de Extensão Artista na Universidade Teatro Monótono Projeto para a Construçao de um Desenho  -  Marlon de Azambuja